Chamada para artigos – 2.º Volume

Número especial: João Malaca Casteleiro

Em consequência dos efeitos provocados pela atual pandemia de Covid-19, comunica-se que o período de submissão de trabalhos para o segundo volume da Revista Orientes do Português foi prorrogado para até o dia 16 de Agosto de 2020.

Todos os artigos enviados através da página de submissões serão objeto de uma primeira avaliação por parte da comissão redatorial que, em caso de aprovação, os submete a um sistema de revisão externa por pares, cega e anónima, com dois revisores. A decisão inicial é comunicada aos autores num prazo de até 30 dias.

Número especial: João Malaca Casteleiro

Dias antes do anúncio da chamada para artigos do nosso segundo volume, surpreendeu-nos a notícia do falecimento do linguista João Malaca Casteleiro, membro do Conselho Científico da Revista Orientes do Português e figura importantíssima para a difusão da língua portuguesa no continente asiático e para o cenário da língua portuguesa em Portugal e no mundo. Faz todo sentido, então, que dediquemos um número especial da Revista Orientes do Português à memória do Professor João Malaca Casteleiro, honrando, desta forma, o imenso legado que nos deixou.

Para este número especial, aceitaremos artigos que versem sobre as ligações com o mundo oriental de quaisquer das temáticas que o Professor João Malaca Casteleiro desenvolveu durante a sua trajetória. Em particular, mas de forma não exaustiva:

  • Nas áreas relacionadas com a linguística portuguesa, interessam-nos especialmente temas como o contato do português com línguas orientais, a elaboração de vocabulários para o ensino e aprendizagem do português como língua estrangeira no oriente.
  • Na lexicografia, interessam-nos a análise e a historiografia dos dicionários bilíngues que conjuguem o português com o chinês, o japonês ou outras línguas orientais. Estudos sobre a presença de vocábulos de origem portuguesa em línguas orientais também são bem-vindos.
  • No que tange ao Acordo Ortográfico 1990, interessam-nos artigos acerca da sua influência sobre as relações dos países da CPLP com o Oriente e seu impacto no ensino da língua portuguesa nos países asiáticos.
  • Na filologia e na linguística histórica, interessam-nos artigos que discorram sobre a história e o desenvolvimento do português nas inúmeras comunidades orientais em que se faz presente. A análise de termos portugueses cuja etimologia se liga a fatores orientais também apresenta particular interesse.

A revista aceita trabalhos escritos em qualquer uma das variedades do português e também em inglês.